About nightmares

Não tem jeito. Eu cresci, casei, vim morar em outro país e os meus pesadelos ainda me perseguem.

Por melhor que a vida seja e eu não tenha nada (muito) a reclamar, são poucas as noites de sono leve e tranquilo. Eu até durmo muito e bem, mas minhas noites são povoadas de pesadelos. Eu já tive várias teorias, de que minha mente não descansa ou de que eu me sinto insegura no meu lugar. Eu até já me conformei um pouco e me divirto com os absurdos da situações que vão de perder a data pra entregar trabalhos da faculdade à estar sem roupa ou sapato em lugares públicos.

Talvez um dia eu tome coragem pra fazer análise e vá cuidar da cabeça. Ou decida me tornar uma expert em interpretação de sonhos. Enquanto isso eu já estou satisfeita em não sonhar com fantasmas e monstros, minha mente está ocupada demais com as banalidades do dia-a-dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: