A miracle

junho 30, 2008

Milagres existem.

Eu preciso dividir aqui no blog o meu último achado. Primeiro uma breve explicação sober o tema. Eu tenho uma pele horrível. Não horrível de feia, mas de complicada. Sou cheia de sardas, alergias e manchas. Além disso minha pele é super sensível, oleosa na conhecida zona T e seca nas bochechas. No inverno eu sofro porque se usar os cremes “ricos” fico cheia de espinhas, mas se uso as linhas pra pele oleosa minhas bochechas racham. Deu pra ter uma idéia né?

Pois bem, faz meses que eu estou com umas manchas vermelhas nos cantos da boca. Fui na minha “médica de família” e ela disse que era rosácea. Fui no dermatologista ele disse que era alergia ao creme dental, ambos receitaram pomadas que só deixam a minha pele mais irritada, vermelha e escamando. Um horror, já estava deprimida. Eu já tinha tentado de tudo, de azeite de oliva à creme vaginal, mas nada tirava minha manchinha vermelha dali.

Até que lendo no blog Dia de Beauté (maravilhoso, btw) sobre águas termais para o rosto eu resolvi experimentar a tal da água termal da Vichy. Para a minha sorte a representante estava na farmácia naquele dia e nós conversamos muito sobre a linha e sobre pele sensível e ela me deu várias amostras de produtinhos pra eu experimentar. Testei. Isso foi no sábado. Hoje eu estou sem uma mancha!!! Veja bem, nem 3 dias completos e um milagre já aconteceu. Já estou apaixonada pela linha e querendo comprar tudo! Quero esperar mais uns dias pra ter certeza que a mancha não vai voltar. Mas vejam bem, isso não é um milagre?!

(Falta agora eu ME convencer a comprar a tal da água termal que custa $12 dólares. Água benta, isso sim.)

Anúncios

Sobre mentiras, moda e Canadá

junho 26, 2008

Gente, minhas visitas chegaram!

A casa está de pernas pro ar, eu não consigo me concentrar aqui no trabalho e os nosso fins de semana estão booked até o final de Julho.

Mas está sendo ótimo. Estou me divertindo, matando as saudades do Brasil e comendo várias coisinhas gostosas, claro.

Ontem fui pegá-las no aeroporto (mini) aqui de Ottawa. Pra isso tirei um “sick day” no escritório. Que pra mim é um horror já que sou péssima mentirosa. Eu ensaio mil vezes uma mentira pra ver se ela sai certinha. Fiz inclusive um enquete entre as minhas amigas pra saber qual é a melhor “desculpa” pra não ir trabalhar. A vencedora foi “food poisoning”, nossa conhecida infecção intestinal. Eu gostei dessa porque totalmente justifica perder um dia inteiro de trabalho né?

Mas o pior de mentir é continuar a mentira, sim porque hoje tá todo mundo aqui perguntando se eu estou melhor. E eu penso, EU ESTOU ÓTIMA!, mas tenho que fazer cara de coitadinha e responder “getting there…”. Como eu sou bocão, sempre estrago minhas mentiras. Pra mim é um teste de auto-controle.

Pois bem, mudando de assunto. Gente, o que é essa moda do Brasil heim?! Minha mãe, querida, linda e maravilhosa, mandou váaaarios presentinhos pra mim. Mas eu totalmente estranhei as roupas. Umas estampas estranhas, exageradas, com detalhes “cheguei”, sem cintura, vestidos curtos demais. Daí eu ia experimentando e minhas visitas morrendo de rir das minhas reações. Elas diziam: “mas é a moda lá”. Ora, e desde quando isso justifica alguma coisa, me diga aí? Eu até tentei usar o baton ROSA SHOCK hoje. Mas foi shock demais pra mim. Uma hora depois já tava eu lá botando meu gloss. Porque eu sou discreta né?!

E voltando às visitas. Sabe qual foi a maior emoção delas até agora??? Ir pra casa do aeroporto de ônibus. Pois é, quer experimentar “the canadian way of life”? Pois essa é a minha vida. Botei elas no ônibus, com mala e tudo. Elas ficaram encantadas! Sem falar que economizamos uns $30 dólares de taxi né? Outra supresa e encantamento? O tamanho do nosso apê. Pois é, nós pagamos muitos dinheiros pelo aluguel de um apertamentozinho. Mas a localização é tudo e depois de ver tanta neve no último inverno eu não quero saber de ter que limpar a calçada própria tão cedo.

E o Gigico? Sempre destruindo corações. No começo elas ficaram todas cismadas com esse cachorro pulando, lambendo, correndo pela casa. Depois já estavam apaixonadas, fazendo carinho de deixando ele pular na cama delas. Pois é, ninguém resiste. Até no parque dos cachorro nós fomos. Elas, novamente encantadas, muito verde, beira do rio, passarinhos.

Eu desafio a voltar no inverno!


Coming soon

junho 19, 2008

Olha gente não é brincadeira. Minha vida está bem corrida com os preparativos pra chegada das minhas visitas.

Elas chegam na próxima quarta, dia 25, e eu estou me esforçando pra deixar a casa “um brinco”! E ao mesmo tempo as expectativas são ótimas.

Eu adoro visitas. Adoro mostrar minha cidade linda. Apresentar comidinhas exóticas e lugares especiais. Mas pricipalmente eu adoro as compras. Porque quem vem do Brasil vem doido pra comprar as coisinhas importadas né?!

E neste quesito eu sou uma guia de fazer gosto. Sei o preço de tudo. Conheço as lojas, outlets e tenho as dicas dos lugares certos pra comprar. Me divirto só de ver os outros comprando.

Quando tem visita vindo eu aviso logo pra trazer a mala quase vazia, ou cheia de muambas PARA MIM. Elas teimam dizendo que não têm dinheiro pra fazer compras, que vêm só pra passear, mas quando chegam aqui já vi tudo: “Ah mas tá tão baratinho…” e daí vai. Ano passado tivemos que abrir a mala de mami no aeroporto pra tirar o excesso de bagagem e eu truouxe tudo de volta pra casa. E olhe que ela já tinha comprado uma mala nova aqui.

Sem falar que tem gente que chega com uma lista de compra imensa. Mas pros outros. As encomendas que só faltam deixar a gente loucos. Eu acho super arriscado comprar coisas pro outros. E vai que não funciona, é extraviado ou não corresponde às expectativas? Se for presente ainda vá lá. Lembro que minha mãe levou presente até pro cachorro da minha pirma. Só pra você ter uma idéia. Mas quando povo começava a pedir pra ela levar máquina, som de carro, mp3 players, eu aconselhava que era melhor dizer não. Melhor evitar (só abro excessão pra leitores queridos do blog :D).

O fato é que pelas próximas 3 semanas eu vou viver vida de turista, infelizmente não posso tirar férias (vou pro Brasil logo, logo né?!), mas quando chegar do trabalho vou sair pra passear, comer fora, fazer compras, ir no museu, e viajar pras cidades vizinhas. Sem falar que é verão, os dias são longos e quentes, o sol brilha, passarinhos cantando, minhas visitas chegando…


junho 13, 2008

Olha eu aqui de volta e altamente cafeinada!

Caminhando pela Bank St. na hora do almoço lembrei que tinha esse cupom pra um café grátis na bridgehead.

Daí aproveitei pra pegar algo diferente. Pedi um macchiato: shot de expresso com leite fervido, com espuminha e tal. Uhu! Bem forte, acabei colocando mais leite e splenda claro, because it’s made from sugar.

Já quase chegando no trabalho tinha um mini muito lindo parado na esquina, fiquei toda interessada já que é o meu dream car. Era da red bull e as meninas estavam distribuindo latihas, adivinha de quê??? De red bull!!!

Agora ninguém me segura!!!

Então, tantas coisas pra contar aqui, tantos momentos pra registrar. Minha máquina tá cheinha de fotinhas novas pra botar no Flickr, mas tem feito tanto calor aqui que eu chego em casa fraca. Te juro, tá praticamente uma Sobral.

E eu toda inocente achando que se não dissesse nada ninguém iria lembrar de cobrar o final do desafio BFL. Pois é, mas minha fiel-leitora-e-amiga-de-infância já deixou lá um comentário puxando minha orelha. Mas eu tenho fé em Deus que esse final de semana sai!

E em duas semana teremos visitinhas chegando do Brasil. Já fiz minhas respectivas encomendas de muambas:

Farinha de mandioca

Mistura pra pão de queijo

Farofa pronta

Café Santa Clara (já que eu não posso ir !)

Chá de capim-santo, cidreira e erva-doce

Tang de cajá, acerola, manga, maracujá, cajú…

Knnor de peixe

Knnor sachê meu segredo

Tempero de limão pra peixes e aves da Fondor

Bombons de Cupuaçú

Docinho de caju cristalizado

Tantas coisinhas que fazem faltar por aqui…

Melhor que isso foi o acordo que fiz com a minha mãe, ela me manda produtos da Natura e eu mando os da Victoria’s Secret pra ela. E todo mundo sai ganhando.

Também tenho passado um tempão com a minha amiga bride-to-be planejando o casamento, provando bolos, experimentando vestidos. Hoje mesmo tenho um encontro secreto com outras meninas pra planejar a despedida de solteira dela. Tem sido uma experiência maravilhosa participar de tudo isso e aprender as tradições canadenses. Estou revivendo o planejamento do meu casamento, e nem acredito que já vai fazer 6 anos!

E o Gigico gente?! Tá a coisa mais fofa do mundo! Com o calor chega a época de passeios no parque que ele tanto ama. Ele fica louco na hora de passear. Pula que é um canguru. Aprendeu agora a ir na beira do rio e ficar deitado bebendo água. Eu confesso que nos dias super quentes sinto um inveja danada dele.

Agora me deixe ir que eu preciso aproveitar esse efeito da cafeína pra produzir alguma coisa aqui no trabalho também.